terça-feira, 23 de novembro de 2010

Levinas


"Levinas tem razão: as relações humanas mais valiosas são aquelas que interrompem alguma coisa, que nos interrompem, que nos roubam a pacatez, que não nos deixam indiferentes, mas que fazem a diferença e nos perturbam na nossa identidade, na nossa mesmidade".

diz Maria Lucília Marcos, professora da Universidade Nova de Lisboa, na entrevista que fiz com ela sobre Emmanuel Levinas. "Comunicação, experiência e a questão do reconhecimento: a alteridade radical no pensamento de Emmanuel Levinas" foi publicada na Revista Intercom n. 33 - 2010/2.

2 comentários:

Karoline Serpa disse...

Mais um lindo achado. Fico extremamente eufórica quando me deparo com blogs desse porte.

Parabéns!

Posso linká-lo no meu?

Reges Schwaab disse...

Por favor, fique a vontade.
Obrigado pelo comentário, fico feliz.
Abraço